R7.com - Notícias, entretenimento, esportes e vídeos
MS Record
CONTATO
24 de maio de 2013 - 10h15 • Nenhum comentário

Durante operação 'Blackout', Gaeco prende advogada e transfere presos envolvidos em facção criminosa em MS

Devem ser cumpridos 55 mandados de prisões preventivas e seis de busca e apreensão domiciliar

O conteúdo desta página requer uma nova versão do Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Foto: Reprodução TV MS RecordAdvogada Daniela Rondão, acusada de envolvimento com integrantes é detida em operação
MS Record

A operação “Blackout” que foi desencadeada na manhã desta sexta-feira (24) em seis cidades de Mato Grosso do Sul e que busca desarticular facções criminosas que agiam dentro e fora dos presídios do Estado prendeu várias pessoas na manhã de hoje.

Entre os detidos está a advogada Daniela Rondão, acusada de envolvimento com integrantes da organização criminosa. Do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande saíram ônibus transportando os presos. A transferência foi sob forte escolta policial.

Todos os detentos passaram por exame no instituto médico legal. No fim do mês passado, o MS Record registrou a chegada, no aeroporto de Campo Grande, de um dos líderes da facção.

O preso, escoltado por homens da rota, que é a tropa de elite da polícia paulista, foi levado para a carceragem da delegacia especializada em repressão a roubos a bancos, assaltos e sequestros.

Entre os crimes cometidos pelo bando está a morte do policial militar aposentado Otacílio de Oliveira, 60 anos, em março desse ano, na cidade de Três Lagoas. Na época, o PM foi assassinado com seis tiros.

Os envolvidos no crime, incluindo o sobrinho do PM, foram presos. As investigações também revelam a ligação dos criminosos com o sequestro de um comerciante no bairro pioneiras, em junho do ano passado. Parentes da vítima foram amarrados e os bandidos roubaram dinheiro e joias.

A operação Blackout envolve cerca de 160 agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) em conjunto com a Companhia de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais (Cigcoe) e Agência Penitenciária Estadual (Agepen). (Colaborou Luiz Felipe, TV MS Record)

Leia também: 

Gaeco cumpre mais de 50 mandados de prisões contra facções criminosas em presídios de MS



Compartilhar:
Imprimir    Imprimir: Feed RSS Assine nosso Feed:
Deixar Comentário
O e-mail e telefone não serão divulgados
MS RECORD © Copyright 2011 MS Record. Todos os Direitos Reservados Desenvolvido por dothCom Consultoria Digital